Bebê morre com gripe H1N1 e é segunda vítima em Campo Grande nesta semana

Hospital informou que bebê teve complicação respiratória gravíssima

Um bebê de um ano e nove meses morreu nesta terça-feira (18) por gripe na Santa Casa de Campo Grande. A doença já foi diagnosticada e este é o segundo caso da semana na Capital. Na segunda-feira (17), uma mulher de 40 anos morreu com suspeita de gripe H1N1.

A Santa Casa informa que o bebê deu entrada no hospital no dia 30 de maio. Após 20 dias de internação, ele morreu na terça-feira (18) às 11h54, com gripe A H1N1. O hospital afirma que o bebê teve comprometimento respiratório gravíssimo. Se os dois casos mais recentes forem confirmados, o número de mortes por Influenza em MS pode chegar a 24.

Para evitar a transmissão da gripe, a população deve evitar lugares fechados e com muita gente. Também é recomendado que a população evite contatos sociais desnecessários, visitas a hospitais, apertos de mão, abraço e beijos e também não deve partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal. Outras medidas preventivas são a higienização das mãos e cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirrar.

Mais notícias