BBB do trânsito? Agetran desmente boatos de câmeras que filmam dentro dos carros

Câmeras servem para regular o tempo dos semáforos

Uma mensagem começou a se espalhar entre grupos de WhatsApp de campo-grandenses com a informação de que semáforos com câmeras estariam filmando dentro dos veículos. Segundo as mensagens, a câmera estaria até filmando em alta resolução. Quem achou que o trânsito virou um reality show, pode ficar tranquilo, a Agetran (Agência Municipal de Trânsito) esclarece que as câmeras não filmam dentro dos carros.

Os chamados ‘semáforos inteligentes’ têm uma câmera acoplada e já foram instalados na avenida Eduardo Elias Zahran, onde chamam a atenção de quem passa. Ao contrário dos boatos, ele não é feito para espiar os condutores e nem para multar, mas para controlar o trânsito na avenida.

As câmeras permitem regular ao vivo o tempo dos semáforos, conforme o fluxo de veículos. Os ‘semáforos inteligentes’ permitem identificar os pontos com maior congestionamento, permitindo uma solução mais rápida e efetiva. “Realmente, as pessoas se confundem com estes monitoramentos que a gente faz de contagem de fluxo”, afirma Ivanise Rotta, a chefe da Educação para o Trânsito da Agetran.

Semáforos inteligentes nas rotatórias

A obra de reforma da rotatória da Avenida Eduardo Elias Zahran, Avenida Joaquim Murtinho e Rua Ceará deve contar com a instalação dos ‘semáforos inteligentes’. Os aparelhos devem solucionar o problema do tráfego na região e se baseia em obras como o da rotatória da Via Park e da Coca-Cola.

Conforme o diretor da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Transito), Janine de Lima Bruno, a obra deve custar aos cofres públicos R$ 1,5 milhões e os semáforos que serão colocados nos pontos terão controladores em tempo real, diferente dos semáforos tradicionais que são programados com determinada cronometragem.

“Esses semáforos terão fibra ótima e câmeras instaladas. Se em determinado pico do dia o sistema perceber que o tráfego está mais intenso em uma das vias e no outro sentido, mais tranquilo, ele vai se adaptar para aquele momento”, explicou Janine.

Mais notícias