Sabe o que é esse círculo? Área desmatada é flagrada em satélite e intriga campo-grandenses

Instalação dos equipamentos faz parte de programa do Sisfron em Mato Grosso do Sul

Uma área desmatada dentro de mata no quartel localizado na Avenida Tamandaré com a Euler de Azevedo chama atenção pelo satélite. O (Comando Militar do Oeste) explicou que área desmatada será destinada para um “sítio de antenas”.

Conforme a assessoria de comunicação do exército, o local foi desarborizado para que uma área de sítio de antenas do Programa Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras) seja instalada. Ainda segundo a nota os equipamentos serão de alta tecnologia e deverá aumentar a capacidade de Sensoriamento e apoio às operações de combate a produtos ilícitos na fronteira.

“Trata-se de uma estrutura em fase de instalação no interior de uma área militar localizada no bairro Santo Amaro, e para viabilizar tal ação foi realizada a supressão de vegetação no local, devidamente autorizada pelos órgãos ambientais”, diz trecho de nota.

Devido ao desmatamento da área, que foi devidamente autorizado pelos órgãos ambientais, foi elaborado um plano para compensação. Equipes do exército têm trabalhado com plantio de mudas de plantas nativas do Bioma Pantaneiro na região da Mata do Segredo e na área militar do bairro Santo Amaro, além da realização de palestras de conscientização ambiental para crianças e adolescentes atendidos pelo programa de social da PMA (Polícia Militar Ambiental) e para alunos do CMCG (Colégio Militar de Campo Grande).

Sabe o que é esse círculo? Área desmatada é flagrada em satélite e intriga campo-grandenses
Mais notícias