Após sofrer acidente em perseguição, PM precisa de ajuda para custear cirurgia

Convênio da Cassems cobre maior parte, mas ainda faltariam 20% dos gastos

O policial militar Augustus Alexandre Ferriol, da Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) de Ponta Porã, a 320 quilômetros de Campo Grande, está precisando de ajuda para custear as cirurgias após sofrer um grave acidente no último dia 16 de novembro durante uma perseguição.

De acordo com as informações de colegas divulgadas nas redes sociais, o militar está internado em um hospital em Dourados e passou por cirurgias do fêmur, tíbia, rádio, ossos do pé – no acidente ele acabou perdendo dois dedos do pé.

Ferriol também está com a região lombar queimada. Nesta semana, o soldado também precisou passar por novas cirurgias no nariz, na boca e nos ossos da face.

O policial militar possui convênio da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), mas que não cobre a totalidade dos gastos. Segundo amigos, ainda falta pelo menos 20% dos gastos a serem pagos e por isso, criou-se a campanha para arrecadar fundos para concluir todas as cirurgias.

Para quem quiser colaborar com o policial, os amigos deixaram os dados bancários para contribuição:

Banco do Brasil
Conta corrente: 43.999-1
Agência: 8050-0

Perseguição a ladrão

O policial Augustos Alexandre Ferriol que estava de moto foi vítima de uma colisão com uma caminhonete na Rua 13 de Setembro, em Ponta Porã. Segundo informações, o PM perseguia um homem que havia roubado uma moto quando foi atingido pela caminhonete.

A moto do policial ficou destruída e a caminhonete capotou. Ferriol teve várias fraturas pelo corpo, em um dos antebraços, fêmur e corte profundo em um dos pés. Ele teve muita perda de sangue e foi transferido para Dourados por uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Mais notícias