Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Após polêmica, empresa volta a oferecer preços promocionais no trajeto Corumbá-Campo Grande

Andorinha tem hegemonia no trajeto e Agepan prometeu 'estudar' inclusão de nova empresa no trajeto

Após polêmica envolvendo as empresas Seriema e Andorinha no trajeto Corumbá-Campo Grande, a empresa Andorinha voltou a oferecer preços promocionais para o itinerário. No fim do ano passado, a Seriema retirou sua frota do trecho, pois alegou ‘estratégia’ da concorrente para retirá-la de jogo.

Segundo o Diário Corumbaense, a empresa decidiu pela redução nos preços das passagens depois de reunião com o prefeito Marcelo Iunes (PTB) nesta quarta-feira (9). Os preços promocionais começam a valer a partir do dia 21 de janeiro e vão durar 30 dias.

Os preços temporários serão de R$ 65 para poltronas executivas e R$ 90 para poltronas leito, porém em horários determinados. No sentido Corumbá-Campo Grande, 23h, 23h30 e 23h45; E no sentido Campo Grande-Corumbá 10h30 e às 11h.

Sem concorrência

Na época do fato, o dono da Seriema Transportes, Edgar Cardoso, disse que a empresa optou por retirar a frota depois de estratégia da concorrente em reduzir a tarifa de R$ 125 para R$ 65. Mesmo com a liminar que permitia as atividades, o empresário afirmou que ‘não estava mais viável’ manter a frota.

Ao Jornal Midiamax, a empresa Andorinha informou, por meio de nota, que sabia apenas da liminar concedida pela Justiça à Seriema para que pudesse atuar no trecho. As promoções, segundo a Andorinha, acontecem até mesmo durante a época de maiores demandas dos passageiros.

“A linha Campo Grande x Corumbá, mesmo nessa época de maior demanda continua com preços promocionais nos seguintes horários: 18h que parte de Corumbá e 18h que parte de Campo Grande, estão com desconto na tarifa; 23h e 23h20 que partem de Corumbá e 10h30 e 14h que partem de Campo Grande, ônibus leito com preço de ônibus convencional; Horários operados com ônibus de serviço misto (Convencional e Leito) as poltronas leito tem desconto promocional”, diz em nota.

Nova empresa no trajeto

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) disse que a linha passará por estudo para apurar a necessidade de nova contratação. A Seriema tinha liminar que permitia a venda de passagens para o trecho, mas desistiu.

Ao Jornal Midiamax, a Agepan esclareceu que, as empresas que operam nos trechos rodoviários são detentoras de antigas concessões e que seguem atuando para que não haja a interrupção do serviço, pois enquanto isso o Estado realiza os procedimentos para analisar o sistema.

Questionada sobre a inclusão de uma nova empresa para abrir ampla concorrência no trecho Corumbá-Campo Grande, colocando fim em um monopólio, a Agepan disse que, a licitação apenas pode acontecer com o auxílio de um Plano Diretor que já está em fase de elaboração.

“Esse reordenamento é essencial para identificar a necessidade de expansão, de alteração, de acréscimo etc, não somente em Corumbá, mas em toda a malha.  Não é possível licitar pontualmente uma ou outra linha, sem um Plano Diretor, que está em fase de elaboração para fazer todo esse mapeamento”, informou.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...