Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Após aumento nas contas, Energisa diz que reajuste anual de tarifa está previsto para abril

Percentual não foi divulgado

A previsão do reajuste anual da tarifa de energia, de acordo com a Energisa está previsto para acontecer no mês de abril. A informação foi divulgada durante audiência pública na tarde desta quarta-feira (20).

De acordo com o diretor técnico da empresa, Paulo Roberto dos Santos, em 2018 o reajuste foi de 9,87%, mas para esse ano ele ainda não sabe informar o percentual, a única informação é de que isso ocorra em abril. Ele está na reunião substituindo o presidente da Energisa.

Durante a audiência, ele teria ainda afirmado que não houve aumento na tarifação ainda, mas que o problema da diferença de valores nas contas nesse início de ano seria em razão do aumento do consumo.

Paulo ainda alegou que neste mês a empresa precisou comprar 30 mil kWh para fornecer aos consumidores.

Na reunião, que acontece na Câmara Municipal da Capital, a empresa não conseguiu explicar cinco itens que compõem a fatura para os vereadores. 

Problemas no medidor

O engenheiro elétrico  e técnico metrológico da empresa, Rodrigo Martinez Silva, 28 anos, contou que no último mês houve um aumento de 20% nos pedidos para troca de relógio. Segundo ele o trâmite demora cerca de 35 dias até chegar no setor, e por isso acredita que esse percentual aumente ainda mais até o final do mês.

Ele ressalta que se o consumidor acredita realmente que está sendo lesado, ele deve pedir a aferição do medidor. Mas caso não seja encontrado problema no equipamento, o custo para troca pode variar entre R$ 9,90 e R$ 14,90.

Tarifação

Para o aposentado, Paulo César Birolini, 54 anos, o que causou maior indignação foi perceber que ele é tarifado três vezes na fatura de energia. “A conta de luz é calculada tributo sobre tributo. A gente paga pela energia que a Energisa compra, paga tributo pro estado e o meu consumo”, relatou.

 

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...