Apagão no centro: instalação de fiação subterrânea começa na Capital

Lojistas reclamaram do dia das obras e horário foi adiado para às 14 horas

O ‘apagão’ previsto para este sábado (20) no Centro de Campo Grande começou por volta das 14 horas. A suspensão do fornecimento de energia foi necessária para a mudança da fiação aérea para subterrânea. A medida faz parte das obras do Reviva Campo Grande.

O corte de energia, segundo a concessionária Energisa e a empreiteira Engepar, já havia sido anunciado com antecedência para os comerciantes, no entanto, muitos questionaram o dia do trabalho. A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) tentou intervir, mas apenas o horário do apagão foi alterado: do meio-dia para às 14 horas.

A expectativa da Energisa e da Engepar é que o trabalho seja concluído às 18 horas deste sábado. Vários caminhões com trabalhadores atuam em trechos da 14 de Julho, da 13 de Maio e da Marechal Rondon.

 

Mais notícias