Publicidade

Alunos reclamam da demora para publicação e nomeação em concurso da Agepen

Muitos deixaram os empregos porque curso exigia dedicação exclusiva

Alguns alunos que prestaram concurso da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e realizaram todas as etapas entre cursos de formação e estágios nas unidades penais, reclamam da demora do Governo do Estado para a publicação das notas, classificação e possível nomeação para começarem a trabalhar.

A principal alegação destes alunos é de que houve um descaso por parte do governo, porque várias dessas pessoas deixaram seus empregos e decidiram realizar o concurso em busca do cargo almejado.

A aluna formada em curso da Agepen, Roselaine Antônia explicou que no dia 18 fará dois meses da conclusão do estágio e até agora não foi divulgada as notas finais. Ela conta que são 540 pessoas que estão vivendo a mesma situação e que estariam passando por um perrengue.

“Eu saí do serviço de sete anos e agora estou totalmente desempregada, a nossa ajuda de custo foi cortada e nós temos famílias para sustentar”, contou a aluna para o Jornal Midiamax.

Em manifesto publicado recentemente a comissão de alunos do curso afirma que se reuniu no mês passado com o secretário de Administração, Roberto Hashioka e que a promessa, à época, que após o Carnaval os resultados dos alunos do curso seriam publicados e as nomeações poderiam ser feitas.

Até o momento, no entanto, as nomeações não foram feitas. Manifestação dos alunos está marcada para  o próximo dia 19 de março, na Assembleia Legislativa. No ato, os aprovados farão uma caminhada até a Secretaria de Administração em uma forma de pressionar o Governo para que as nomeações aconteçam.  (Colaborou Aliny Mary Dias)

*Matéria atualizada às 13h48 para acréscimo de informação. 

Mais notícias