Águas Guariroba promete melhorias no abastecimento de água com aumento do consumo

Dentre as melhorias estão a ampliação do sistema de abastecimento, com perfuração de poços de captação subterrânea, além de interligação de novos sistemas.

O forte calor dos primeiros dias de setembro provocaram consumo recorde de água em Campo Grande. Só nos primeiros dias de setembro, a concessionária Águas Guariroba informou que, no período, o fornecimento diário superou em 20 milhões de litros o que costumava ser consumido no mês.

Tanto o aumento de consumo – relacionado às altíssimas temperaturas – como o período de estiagem – que deixou o Estado sem volumes significativos de chuva há mais de 40 dias e afetou os reservatórios -, motivaram a adoção de uma política de racionamento de água em algumas regiões da cidade. Pelo menos 43 regiões podem ter fornecimento afetado, segundo a Águas Guariroba.

Para contornar o problema, a empresa anuncia investimentos e pede, também, que durante o período faça consumo consciente de água.

“Estamos com todas as equipes fazendo um trabalho emergencial em termos de reforço no abastecimento, ações de contingenciamento e soluções para aumento da produção de água, porém algumas regiões podem ficar desabastecidas neste período mais crítico”, afirma o diretor executivo da Águas Guariroba, Celso Paschoal, que destacou já haver investimentos previstos.

Dentre as melhorias estão a ampliação do sistema de abastecimento, com perfuração de poços de captação subterrânea, além de interligação de novos sistemas. Atualmente, Campo Grande conta com 104 reservatórios espalhados por toda a cidade. (Com informações da assessoria)

Mais notícias