Queda de helicóptero feriu 15 na fronteira e destruiu fábrica com incêndio

Após 6 horas de combate, o Corpo de Bombeiros de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã extinguiram o incêndio após a queda de um helicóptero da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã, a 320 quilômetros de Campo Grande.

O incêndio atingiu uma fábrica de seringas e uma casa, publicou o site ABC Color. Ao todo, 15 pessoas ficaram feridas, entre elas, 12 militares, tripulantes do helicóptero e três civis. Ninguém se feriu gravemente.

Após a queda, os tripulantes conseguiram descer e, em seguida, as chamas consumiram o helicóptero. O ministro da Senad, Arnaldo Giuzzio, afirmou que a aeronave era das Força Aérea e estava encarregada da equipe tática durante missão conjunta com autoridades brasileiras.

Mais notícias