VÍDEO: Após conflito, indígena é preso e Força Nacional atuará em Caarapó

Operação do Estado para 'manter ordem' contou com helicóptero

Conflito entre índios e fazendeiros registrado nesta segunda-feira (27) em Caarapó, distante 280 quilômetros da Capital, mobilizou várias forças de segurança para controlar a situação. De acordo com o Governo do Estado, um indígena foi preso por roubo e homens da Força Nacional que atuam em Mato Grosso do Sul serão deslocados para atuar na área.

Conforme o Cimi (Conselho Indigenista Missionário), o conflito teria iniciado depois do desaparecimento de um indígena. Cerca de 100 índios guarani kaiowá teriam expulsado funcionários da fazenda Santa Maria, localizada na Terra Indígena Dourados-Amambaipegua I.

De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), operação foi realizada na área e contou com militares do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e helicóptero do Grupamento de Policiamento Aérero.

Com objetivo de “restabelecer a ordem”, a ação terminou com um indígena preso em flagrante por roubo qualificado. Ainda conforme o Estado, houve registro de cárcere privado e danos de grandes proporções, além de crimes ambientais.

“Vários objetos que haviam sido roubados da sede da propriedade rural foram recuperados em barracos dos indígenas montados na área invadida”, informa o Governo e nota.

Ainda segundo o Estado, apoio da Força Nacional já havia sido solicitado, mas para garantir a segurança na região, homens da unidade que já atuam no Estado serão deslocados para a área.

Confira abaixo registro divulgado pelo Cimi sobre a operação na área:

Mais notícias