Uma das principais rodovias estaduais, MS-306 será reestruturada

Iniciativa privada será responsável para melhorar os 218 quilômetros de estrada

Foi definido o modelo de projeto de concessão da MS-306, que fica no nordeste do Estado e liga os municípios de Cassilândia, Chapadão do Sul e Costa Rica. A iniciativa privada será responsável para melhorar os 218 quilômetros de estrada.

A MS-306 é considerada uma das principais rodovias estaduais, que liga uma importante região produtora e faz divisas com Mato Grosso e Goiás.

O edital da concorrência que vai selecionar a empresa responsável pela concessão será lançado ainda no primeiro semestre de 2019, após realizações de consultas e audiências públicas.

“A MS-306 será a primeira concessão rodoviária estadual. A empresa vencedora terá que restaurar, fazer a terceira pista, recapear, sinalizar, dar mais segurança para quem trafega e mais tranquilidade para quem usa a rodovia”, destacou o governador Reinaldo Azambuja.

Ainda, de acordo com o governador, diminuir o tempo de viagem e melhorar o escoamento da produção também são objetivos da iniciativa.

Processo

Os estudos técnicos para a adequação da via foram apresentados em abril deste ano por empresas que participaram de edital de chamamento público. O processo foi vencido pelo grupo Moysés & Pires Sociedade de Advogados, formado pelas empresas Proficenter Negócios em Infraestrutura, Matricial Engenharia Consultiva, R Charlier Sistemas Gerenciais, TESS Consult Soluções e Serviços, B Alvim Engenharia; e Ulticon Tecnologia e Serviços.

MS-306

Com 218 quilômetros de extensão, a MS-306 atende uma importante região de agronegócios do Estado. Ela é polo de integração comercial e de produção entre os estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais. O volume médio de tráfego é de aproximadamente seis mil veículos – 65% deles de passeio e 35% comerciais.

*Com informações do Governo do Estado

 

Mais notícias