Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Procon MS vai fiscalizar postos de combustíveis e revendas de gás nesta quarta-feira

Órgão montou posto de atendimento para denúncias e orientações no Centro

O Procon MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) vai continuar nas ruas de Campo Grande, nesta quarta-feira (30), para fiscalizar as vendas de combustíveis, gás de cozinha e supermercados. De acordo com o superintendente do órgão, Marcelo Salomão, são três equipes disponíveis para atender às denúncias.

Ainda não há um balanço do total de autuações por preços abusivos. Até a tarde da terça-feira (29), de 15 postos de combustível fiscalizados pelo órgão, 13 foram autuados e seis tiveram seus preços alterados. No caso dos supermercados, a fiscalização passou por seis estabelecimentos e autuou quatro.

O Procon MS instalou uma van na esquina da rua Barão do Rio Branco com a 14 de Julho e quaisquer dúvidas e denúncias podem ser feitas no local.

Preço máximo

Uma reunião na segunda-feira (28), entre a direção do Procon e do Sinpetro, estabeleceu um preço médio da gasolina em Campo Grande com uma variação de R$ 0,10.

O valor médio sugerido para a gasolina nos postos da Capital varia entre R$ 4,29 a R$ 4,39. Já o Etanol, que chegou a ser comercializado a R$ 3,89, deverá ser vendido entre R$ 3,19 a R$ 3,29. Esses valores se referem ao pagamento a vista nos postos da Capital.

No caso dos supermercados, a falta de hortifrutigranjeiros causa a inflação, mas os estabelecimentos que ainda têm o produto em estoque não podem subir o custo dos produtos.

O Procon recebe denúncias pelo número 151 ou no formulário disponível no site.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...