Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Prefeitura inicia rastreamento do transporte de resíduos em descarte irregular

As secretarias de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), de Segurança e Defesa Social (Sesdes), Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Agência Municipal de Tecnologia da Informação (Agetec) estão reunidas nesta semana para etapa inicial do processo de implantação do Controle de Transporte de Resíduos (CTR) no formato eletrônico, com a realização de reuniões técnicas e capacitações aos servidores que irão atuar nessa sistemática.

 O CTR tem por objetivo agilizar a troca de informações entre Poder Público e as empresas que prestam serviços de coleta e transporte de resíduos da construção civil e, também, o rastreamento de entulho, para combater o descarte irregular.

 O programa é um avanço importante frente ao combate ao descarte irregular de resíduos. O secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luis Eduardo Costa, ressalta a importância desse rastreamento dos resíduos, bem como a economia para o município, visto que não terá custo para implantação. Isso porque as empresas do ramo assinaram um Termo de Cooperação e irão fornecer os instrumentos necessários para a implantação do CTR em formato eletrônico.

 “Hoje, 80% dos municípios brasileiros não conseguem tratar adequadamente seus resíduos. Em Campo Grande são descartados cerca de 5 mil toneladas/mês de resíduos da construção. A partir da implantação do controle de resíduos, estima-se que 45 mil toneladas/mês serão descartadas em locais/empresas devidamente licenciados. Por ano, no Brasil são descartados 100 milhões de toneladas, o equivalente a sete mil prédios de 10 andares em resíduos da construção. Agora, Campo Grande contará com esse sistema que irá acompanhar a correta destinação dos resíduos”, declarou o secretário.

 Sobre o CTR

 Assinaram o Termo de Cooperação as empresas CG Engenharia Ambiental LTDA, Ambiental Solutions EPP e Progemix Resilix Reciclagem do Brasil LTDA. O documento é exigido dos operadores que exploram a coleta e o transporte de resíduos da construção civil, com a finalidade de comprovar a correta destinação deste material. (Assessoria)

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...