Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Nesse calor? Ônibus com ar-condicionado fica parado e passageiros reclamam

Agência que fiscaliza transporte solicitou ofício para que Consórcio se explique

Um dos ônibus convencionais com ar-condicionado, recém-chegados na cidade, foi flagrado parado em pátio ao lado do Terminal Júlio de Castilho, em Campo Grande. Os passageiros questionaram a medida, pois Consórcio Guaicurus não estaria colocando os veículos com ar para rodar.

Foto: Minamar Júnior/Jornal Midiamax

Dos 598 ônibus, apenas 14 têm ar-condicionado e, pela quantidade considerada desproporcional pelos moradores, nenhum deveria estar parado, mas sim circulando devido ao calor que está na cidade nesta terça-feira (27), que chegou a 30°C.

A denúncia partiu da página Ligados no Transporte, que publicou foto de um leitor e, pelo prefixo 4248, foi possível identificar que o veículo pertence à Viação Campo Grande.

“Eles tiraram os ônibus articulados das linhas, reduzem as tabelas horárias e se vangloriam de trazerem apenas 20 ônibus. Caramba, não veem o tamanho da nossa cidade? ”, questionou morador.

Em reportagem recente, passageiros afirmaram que é raro ver os veículos com ar-condicionado rodando e que, quando aparecem, passageiros até brigam para conseguir um espaço. Edna Gonçalves, de 64 anos, disse que é mais confortável porque ‘pelo menos’ compensa o valor da passagem.

“Já andei nesses com ar algumas vezes no 061 [linha] e é realmente fresquinho. O calor com certeza faz as pessoas disputarem um lugarzinho neles porque já que é para pegar lotação no calor, que seja em um ônibus melhor”, disse.

Em contato com a assessoria de imprensa do Consórcio Guaicurus, foi informado, inicialmente que a informação não procedia, pois todos os ônibus com ar estariam rodando. No entanto, a reportagem do Jornal Midiamax foi até o Terminal Júlio de Castilho e flagrou um dos veículos com ar parado na reserva.

O diretor-presidente da Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos) Vinícius Campos Leite, disse que a escala de ônibus que circular pela cidade é de competência da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), mas de antemão afirmou que estava ciente da situação dos veículos com ar parados.

“Solicitamos um ofício ao Consórcio para que explicassem o por quê dos ônibus com ar estarem parados”, pontuou Vinícius. O Midiamax questionou novamente o Consórcio Guaicurus, mas até o fechamento desta matéria não havia se posicionado.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...