Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Mato Grosso do Sul já tem 15 casos de morte causados pela gripe neste ano

Em uma semana, duas pessoas morreram com casos de Influenza

De janeiro até a primeira semana de junho, Mato Grosso do Sul registrou 15 mortes por Influenza. Desde a divulgação do último relatório, há uma semana, mais duas pessoas morreram e o número já representa 250% das mortes por gripe registradas no ano passado (6). Os dados são do boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Apesar do aumento, o número ainda é bem menor do que os dados de 2016, quando 103 pessoas morreram com casos de gripe. Segundo o boletim, há 190 casos de Influenza foram confirmados no estado até então, sendo 53 casos de Influenza A H1N1, 24 casos de Influenza A não subtipado, 99 casos de Influenza A H3N2 e 14 casos de Influenza B.

Ainda segundo o boletim divulgado pela SES, Mato Grosso do Sul registrou 505 notificações, e houve a confirmação de 190 casos. As cidades com maior número de casos confirmados de Influenza são Campo Grande (92), Naviraí (10), Sidrolândia (9) e Bonito (8).

A Secretaria de Estado de Saúde alerta sobre os sintomas da gripe: febre, tosse, dor de garganta e dores nas articulações, musculares ou de cabeça. “É fundamental ao apresentar esses sinais, procurar atendimento no início dos sintomas favorecendo o tratamento oportuno (em até 48 horas)”.

Os pacientes devem ficar atentos para diferenciar os casos de resfriado e gripe. “O resfriado geralmente é mais brando que a gripe e pode durar de 2 a 4 dias. Também apresenta sintomas relacionados ao comprometimento das vias aéreas superiores, mas a febre é menos comum e, quando presente, é de baixa intensidade”, diz a SES.

Campanha de Vacinação

A Campanha de Vacinação contra a Gripe foi prorrogada em Campo Grande e segue até o dia 15 de junho. Até dia 24 de maio já haviam sido imunizadas 145.487 pessoas, o que representa 74,58% da meta da Capital, que é de imunizar cerca de 197 mil até o final da Campanha.

A vacinação está disponível nas 66 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e de UBSF (Unidades Básicas de Saúde da Família) das 7h15 às 11h e das 13h às 16h45.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...