Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Gabrielly era querida na igreja onde cantava e participava de teatros, diz pastor

Com 10 anos, menina morreu depois de sofrer agressões por colegas da escola

A família e amigos de Gabrielly Ximenes, de 10 anos, fizeram um culto na manhã desta sexta-feira (10) durante o velório. A menina morreu por complicações depois de uma agressão que sofreu de três colegas na saída da escola na semana passada. O pastor da igreja Batista do Nova Lima contou ao Jornal Midiamax que a menina era muito amável e que nunca perdia os cultos.

José Carlos Alvarenga é pastor da igreja frequentada pela família de Gabrielly e conta que ela era conhecida pela comunidade como uma criança amável e carinhosa. “Ela sempre chegava cedo, era a primeira a chegar. Pedia a bênção, dava abraços e era muito querida na igreja”, diz.

Gabrielly ainda ajudava os pastores da igreja, sempre colocando a água durante a celebração. Ativa na igreja, a menina ainda participava de peças de teatro e cantava.

A filha do meio da família, Gabrielly tem um irmão mais velho de 17 anos e uma irmã mais nova, de dois anos. A família enterrou a criança por volta das 9h15 no cemitério Jardim das Palmeiras, ao lado da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em Campo Grande.

Comentários
Carregando...