Frente Parlamentar de Defesa da Assistência Social propõe criação de curso na UEMS

A Frente Parlamentar de Defesa da Assistência Social promoveu, na tarde desta quinta-feira (10), uma reunião ordinária no Plenário Deputado Júlio Maia, na Assembleia Legislativa. O grupo de trabalho coordenado pelo deputado João Grandão (PT) realizou a posse da secretária de articulação política, Sueli Gomes dos Santos e de sua suplente, Nathália Grabowski, ambas representando o Fórum de Entidades da Assistência Social, e também proporcionou aos ouvintes a apresentação de duas palestras ministradas por pesquisadoras da área no Brasil.

A primeira palestrante Valdete Barros Martins, que atuou como secretária estadual de Assistência Social, destacou um histórico de conquistas políticas que resultaram na promulgação da Constituição Federal de 1988 e traçou um panorama do atual quadro político do país, que em sua opinião desacelera os progressos alcançados na área. “A conjuntura é muito difícil, principalmente pela PEC 95, chamada de “PEC do Teto dos Gastos”, muito danosa a todos os direitos humanos e sociais básicos, como alimentação, saúde e educação”, declarou.

A segunda convidada da tarde, Raquel Santana, que atualmetne leciona na Universidade Estadual Paulista de Franca (Unesp), defendeu a Reforma Agrária como pauta dos assistentes sociais. “Essa luta é defendida no Serviço Social porque acreditamos que a justiça social somente será allcançada quando a terra for destinada a quem nela trabalha. Sabemos, pelo nosso projeto profissional, que uma reforma como a pretendida, garantirá vida digna às famílias que a buscam, permitindo novas perspectivas de sonhos”, disse.

Raquel também avaliou a reunião da Frente ao final do evento. “Essa é uma iniciativa muito importante e produtiva, porque trazer o debate neste espaço institucional junto à sociedade, articulando politicamente os movimentos é fundamental neste contexto”, ponderou.

O coordenador da Frente também resumiu o encontro. “Creio que foi surpreendente, tanto pela participação massiva dos interessados, como pelo nível do debate proposto pelas palestrantes. Como encaminhamentos, recebemos a proposta de criação do curso de Serviço Social na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) no campus de Campo Grande, a qual encaminharemos à reitoria, além do convite ao Poder Judiciário para que discuta conosco a situação da Assistência Social em nosso Estado, tendo em vista que dia 15 comemoramos o Dia do Assistente Social”, finalizou.

Compondo a mesa de trabalho, além de Grandão, também estiveram o deputado Pedro Kemp (PT), Olga Lemes Cardoso de Marco, vice-presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Valdereis Freitas de Souza, coordenador de proteção básica da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho de Mato Grosso do Sul, Sérgio Vanderly Silva, secretário adjunto de Assistência Social de Campo Grande.

Mais notícias