Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Devotos se reúnem para celebrar Nossa Senhora Aparecida em Campo Grande

Mais de 5 mil fiéis devem assistir às missas realizadas na Matriz

Wendy Tonhati e Mariana Rodrigues

Centenas de devotos lotaram a Igreja Matriz de Nossa Senhora Conceição Aparecida, na manhã desta sexta-feira, 12 de outubro, em Campo Grande. A programação começou às 7 horas com procissão e às 7h30 foi realizada a primeira Santa Missa, celebrada pelo Arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa.

De acordo com a organização, a primeira missa foi acompanhada por cerca de 900 pessoas. Todos os 800 lugares da igreja foram ocupados e outros devotos acompanharam a em pé. Entre os fiéis, muitos ficaram emocionados e disseram já terem sido atendidos por Nossa Senhora Aparecida. São esperados mais de 5 mil fiéis ao longo do dia.

Segundo o Arcebispo de Campo Grande, o tema da novena deste ano é “Em Jesus com Maria, restauramos a Vida”. “É a opção pela vida e pelo bem”, citou Dom Dimas. Sobre as eleições, que estão exaltando os ânimos em todo o Brasil, o arcebispo explicou que a Igreja não vai se posicionar com relação à política.

“Voto não tem preço, tem consequência e, cada um é presidente de sua própria vida. Está muito polarizada e nenhum político merece a divisão de famílias e comunidades”, afirmou.

Neuza Costa Pino, 57 anos, disse que ela e a família são muitos devotos de Nossa Senhora Aparecida e que já teve um milagre atendido após ficar sabendo que teria que realizar uma cirurgia de emergência.

Devota diz que já teve um milagre atendido por Nossa Senhora Aparecida. (Foto: Minamar Júnior)

“O médico me disse para rezar porque o problema era seríssimo. Fechei os olhos e pedi para Nossa Senhora pegar na minha mão, mas ela pegou na minha barriga. Adormeci e senti a mão de Nossa Senhora na minha barriga. Após o procedimento, o médico disse que não tinha mais nada”, relembra.

Sônia de Fátima Leite, 54 anos, diz que aos 38 anos, estava voltando do trabalho e foi rendida por um ladrão, que deu um chute no rim dela. “Procurei um nefrologista e ele disse que ela teria que fazer uma cirurgia. Comecei a rezar e pedi para que se tivesse que fazer a cirurgia, Nossa Senhora tirasse o medo de mim ou que não precisasse fazer a cirurgia. Um dia acordei com muitas dores, voltei ao médico e o rim havia voltado ao lugar”, conta.

Casal acompanha celebração há 3 anos. (Foto: Minamar Júnior)

Rilton Theodoro de Oliveira, 52 anos, contou que é o segundo ano consecutivo que vai ao matriz ano passado participou da carreata e da procissão esse ano foi para a missa. “É minha mãe, como posso não estar aqui hoje?”, questiona.

O militar Kynann Victório, 21 anos foi com a esposa e disse que participa há três anos das celebrações. “É importante pela grandiosidade que Nossa Senhora na nossa vida”.

A celebração segue com Santa Missa às 10h30, 16 horas carreata (saindo da Praça do Papa) e  às 19 horas finaliza com Santa Missa.

Devoto, Rilton participa há dois anos das celebrações. (Foto: Minamar Júnior)

Nossa Senhora Conceição Aparecida

Segundo a tradição católica, a virgem Santa, mãe de Jesus Cristo, apareceu em diversas localidades ao redor do mundo em momentos importantes da história. No Brasil, ela apareceu na forma de uma imagem negra, em 1717.

A imagem de Nossa Senhora da Conceição, feita de terracota, 36 centímetros de altura e 2,5 quilos, teria sido encontrada por três pescadores no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo. Como a santa “apareceu” e foi “pescada”, o apelido de ‘aparecida’ pegou.

O episódio foi considerado um milagre – e logo outros relacionados à santa foram sendo narrados. Não há um número consolidado sobre quantas igrejas dedicadas a Nossa Senhora Aparecida existem no Brasil, mas é a santa de maior devoção popular no país.

Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Principal em 16 de julho de 1930, por decreto do Papa Pio XI.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...