Publicidade

Com término esperado para 2020, obra na Ernesto Geisel anima moradores

Obra no Anhanduí já afasta risco de erosão, afirma prefeitura

Motoristas, motociclistas, comerciantes e moradores dos bairros próximos ao trecho da Avenida Ernesto Geisel, que passa por revitalização e controle de enchentes no Rio Anhanduí, estão otimistas com o progresso da obra.

O projeto, que se arrasta há pelo menos cinco anos, causou transtorno para o comerciante Arlindo Soares Vitor, que vende salgados em frente ao local. “Vi isso aqui desmoronar tantas vezes e já perdi as contas de quantas vezes o guincho tirou veículos do córrego. Essa situação prejudicou muito meu comércio, porque as pessoas evitam passar por aqui. Venho acompanhando as obras e o pessoal está trabalhando firme. Acho que agora vai”, comenta.

O comerciante Arlindo Soares acompanha evolução da obra e acredita que ‘agora vai’ (Foto: Minamar Júnior)

De acordo com a prefeitura, a obra já estancou a erosão que ameaçava as pistas laterais da Avenida Ernesto Geisel e a vazão do rio melhorou. Mesmo com as fortes chuvas dos últimos dias, não foram registrados transbordamentos no local.

O frentista Josevaldo Celestino de Jesus mora na região há três anos e acredita que ‘dessa vez’ a obra será concluída. “Eles estão trabalhando com calma, o material parece bom e aqueles problemas com enchentes e desmoronamentos devem acabar”, ressalta.

Para morador, conclusão de obras deve colocar fim em alagamentos (Foto: Minamar Júnior)

A previsão é de que as obras terminem em 2020, quando o último lote (entre as ruas Abolição e Bom Sucesso) ficará pronto. A prefeitura informou que 34,13% da extensão de gabião já foram implantadas.

Motoristas e motociclistas

A Avenida Ernesto Geisel é uma das vias mais movimentadas de Campo Grande e em horário pico, o tráfego de veículos no trecho em frente ao shopping fica intenso. Por causa das obras, uma das pistas está interditada há anos e o andamento da revitalização deixou o motorista Alércio Delgado Melo confiante.

“A gente acredita que agora vai melhorar. Com a conclusão da obra vamos ter mais vagas de estacionamento, espaço para trafegar e menos carros caindo no córrego também. ”

Motorista acredita que após término de obras, condutores terão mais espaço (Foto: Minamar Júnior).

A promotora de vendas Janaína Camargo também está otimista. “Vamos confiar, têm muitos anos que essa obra está aí, vamos ver se vai dessa vez ”, afirma.

“Após anos parada, obra deve ser concluída”, afirma motociclista.
Mais notícias