Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Com salário atrasado e sem 13º, funcionários da Vyga relatam dificuldades até para comer

Empresa alega que não recebeu repasse do governo do Estado

A promessa de que o pagamento dos funcionários da empresa Vyga – terceirizada que executa serviços de limpeza aos órgãos públicos do governo do Estado – não se concretizou até a manhã desta sexta-feira (21). Com isso, o pagamento de dezembro, o décimo terceiro salário e até duas parcelas do vale-alimentação seguem atrasados.

O clima é de desolamento para os trabalhadores, já que muitos estão com contas atrasadas e não têm dinheiro sequer para comprar comida. A promessa da empresa, segundo o Steac/MS (Sindicato do Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul), era de que os pagamentos fossem depositados ainda na quinta-feira (20).

“São dois meses sem receber o pagamento e o vale-alimentação, além do 13º. Meu aluguel está vencido, estamos passando até necessidade em casa, dependendo de cota para comprar cesta básica e poder comer. Até o vale-transporte eles estão falhando, as vezes a gente tem que tirar do próprio bolso”, afirma uma funcionária da empresa, Tatiana Fernandes Paredes.

O mesmo drama é vivido por Claudenice Soares de Oliveira, que afirma não ter recebido nem sequer o adicional de férias. “Eles não pagaram nem minhas férias e nem o vale-alimentação. Meu pagamento de novembro pegaram só no dia 28 de novembro. Precisamos resolver esse assunto, porque é uma questão de sobrevivência”, conta.

O presidente do Steac, Wilson Gomes, afirmou que a empresa será comunicada de que o sindicato acionará a Justiça do Trabalho ainda nesta sexta-feira, no plantão do Tribunal Regional do Trabalho da 24º Região, que atende Mato Grosso do Sul.

“A empresa segue afirmando que não recebeu o repasse do governo do Estado e disse que vai pagar. Porém, agora, o valor será com a multa, já que os prazos não foram respeitados. A situação é desastrosa, porque já sabemos que tem muita gente sem ter o que comer”, afirma. A reportagem buscou contato com a empresa, mas as ligações não foram atendidas.

Quase R$ 20 milhões

Em 2018, a empresa Vyga – Prestadora De Servicos De Conservacao E Asseio Ltda teve o valor de R$ 19.948.821,90 empenhados para a execução de limpeza, conservação e outros serviços aos órgãos do governo do Estado. Desse valor, R$ 19.016.912,95 já foram liquidados, ou seja, estão na iminência de serem pagos. Efetivamente depositados à empresa, estão R$ 18.052.516,23, conforme o Portal da Transparência.

A reportagem aguarda confirmação do governo do Estado se os repasses referentes aos salários atrasados já foram, de fato, compensados à empresa.

(Reprodução | Portal da Transparência)
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...