Biometria enfrenta instabilidades e eleitores perdem agendamentos

Sistema está inoperante em todo o país

Os postos de recadastramento eleitoral e biométrico estão experimentando instabilidades no sistema nesta terça-feira (09). Devido aos problemas, alguns eleitores chegaram a perder o agendamento. O fato foi confirmado pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) e informou que o sistema está inoperante em todo o país.

O empresário Elias Ramão Sanches, de 50 anos, esteve no Prático da Guaicurus na data e horário agendados, porém não conseguiu realizar os procedimentos porque o sistema estava fora do ar. “Cheguei no horário, mas não pude fazer a biometria. Agora perdi o agendamento. Está tudo cheio até março”, reclama.

Outro leitor, que estava no posto do Memorial da Cultura, na Fernando Correa da Costa e não revelou o nome, informou que o sistema estava inoperante pela segunda vez no dia, pelo menos.

Em nota ao Jornal Midiamax, o TRE-MS confirmou o contratempo nesta terça-feira e afirma que não se trata de um problema local, pois “o sistema está inoperante em todo o país. Adicionalmente, a nota informa que “o TSE está com todo o pessoal de infraestrutura e outras equipes envolvidas na identificação e solução do problema”.

Em relação aos eleitores que perderam seus agendamentos por conta dos problemas no sistema, “a orientação é que o atendente encaixe o eleitor imediatamente no dia seguinte, independentemente de agendamento”.

Até o momento, 45% já passaram pelo cadastrados e além dos postos permanentes de atendimento, o TRE-MS conta com atendimentos itinerantes em 3 locais – no Sebrae, nas Moreninhas e no Jardim Aeroporto.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou denúncia ao WhatsApp da redação, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias