Você conhece o que MS tem? Campo Grande e mais 9 cidades podem ganhar rota do turismo

Cidades ficam no 'Caminhos dos Ipês'

Há quem diga que Mato Grosso do Sul tem poucas atrações, mas um  estudo patrocinado pelo governo federal quer provar o contrário, e pretende colocar mais dez cidades  na rota turística do Estado até o próximo ano. Entram na lista dez cidades, incluindo Campo Grande: Jaraguari, Terenos, Dois Irmãos, Sidrolândia, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Corguinho, Rio Negro e Nova Alvorada do Sul.

Esses municípios integram a região denominada ‘Caminho dos Ipês’, que fazem parte da microrregião da Capital. Estima-se que mais de 1 milhão de pessoas vivam nestas áreas. A vocação destes locais , é o negócio e eventos, isso quer dizer, parte dos visitantes são atraídos por terem uma agenda marcada. A ideia é levar as pessoas que já estão no Estado a se aventurar em passeios e atrações com menos de uma hora de distância.

O que essas cidades tem em comum? O potencial para o e aventura, afirmou Lívia Borges, que integra o estudo, realizado pela Agricon Consultoria. Segundo ela, todas essas cidades apresentam passeios e atividades ligadas ao meio-ambiente em rios, cachoeiras e morros; um cenário diferente para quem está acostumado com a selva de pedras de São Paulo, comparou. “Aqui para nós pode ser comum, mas para quem vem de fora, é um atrativo. Tem muito potencial que as pessoas desconhecem”.
 
Em Campo Grande, ela apontou locais como o Morro do Ernesto, Inferninho e fazendas no perímetro rural e que oferecem práticas de aventura. A cidade de Rochedo, tendo como exemplo, tem menos de 5 mil habitantes, mas de acordo com Lívia, o município já tem investido no setor. “A cidade recebeu R$ 800 mil para construir um balneário”, comentou.

Regiões turísticas de MS
 
No ano passado, o mapa do turismo de Mato Grosso do Sul foi alterado. O estado reduziu de 79 para 60 o número de municípios participantes de suas 10 regiões turísticas: Caminhos da Natureza/Cone Sul; Bonito/Serra da Bodoquena; Caminho dos Ipês; Caminhos da Fronteira; Costa Leste; Grande Dourados; Pantanal; Rota Norte; Vale das Águas; e Vale do Aporé. O levantamento foi divulgado pelo , em Brasília. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas.

Sobre o mapa

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

Você conhece o que MS tem? Campo Grande e mais 9 cidades podem ganhar rota do turismo
Mais notícias