Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Top 5: confira o que o campo-grandense mais compra no Mercadão no fim de ano

Castanhas e nozes lideram a lista e são as queridinhas dos consumidores

Desde o início desta semana, o Mercadão Municipal de Campo Grande começou a registrar aumento no número de pessoas que transitam pelo local, um dos principais pontos turísticos da capital sul-mato-grossense. Segundo a administração, desde a última segunda-feira (18), o fluxo de clientes subiu mais de 50% em relação aos dias comuns. Deste total, pelo menos metade é turista.

E esta quantidade de pessoas que passam pelo Mercadão reflete diretamente nas vendas, embora a maioria dos comerciantes reclamem de que o neste ano o movimento ainda está bastante fraco, comparado a ano anteriores.

Confira quais são os 5 produtos mais procurados pelos consumidores neste final de ano:

1 – Nozes e castanhas

As queridinhas para incrementar a ceia de Natal e Ano Novo, as nozes e as castanhas lideram o ranking dos produtos mais procurados no Mercadão de Campo Grande. Na barraca da comerciante Crycya Nuccya Salomão, 35 anos, até kit foi montado para chamar a atenção do cliente. “A maioria compra para usar em tortas ou farofas”, comenta.

2 – Cesta natalina

O segundo produto de maior sucesso no Mercadão são as cestas natalinas, que vêm com 19 itens, como panetone, uva passa, entre outras comidas e bebidas para as ceias. Segundo o funcionário Jeferson Frankel de Melo, 18 anos, são vendidas, em média, 30 cestas por dia. “Tem muita gente que compra para presentear funcionários”, explica.

3 – Hortifrútis

Estes também ganham bastante destaque nas ceias de final de ano. Mas entre os hortifrútis que mais são vendidos no Mercadão, a banana da terra é a que tem maior procura dos consumidores, seguida do abacaxi. Mas segundo o comerciante Paulo Maja, 33 anos, o que o público está procurando mesmo é a mandioca.

4 – Carne

Quem ganha também com o movimento é o setor de açougues no Mercadão. Segundo Walter Rodrigues, 50 anos, as carnes mais vendidas são as de porco e de carneiro. “Carnes para churrasco ainda está bem fraco, vendemos mais para empresas ou grupos que fizeram confraternizações”, complementa.

5 – Artesanato

Os artesanatos acabam sendo também souvenirs e a cada tuiuiú, onça pintada ou araras que estampam madeiras ou chifres chamam a atenção dos turistas. Segundo o vendedor Carlos Correa, 53 anos, os produtos relacionados a tereré são bastante procurados. Entre os mais vendidos estão: cuias, garrafas e berrantes.

Você pode gostar também