Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Ministério Público vai apurar insuficiência da PM: faltam 4 mil policiais

MS tem um único policial a cada 496 habitantes

O MPE-MS (Ministério Público Estadual) determinou que seja instaurado um inquérito civil contra o governo de Mato Grosso do Sul e Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) para apurar o déficit de policias militar do efetivo. O Estado tem um único policial a cada 492 habitantes. 

 O procedimento foi instaurado pela promotora de Justiça Luciana Moreira Schenk, coordenadora do Gacep (Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial), conforme edição do Diário Oficial do órgão desta segunda-feira (4). 

 As medidas foram dadas após uma série de visitas técnicas em Batalhões, Companhias Independentes e Esquadrão Independente da Polícia Militar em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá, que constatou “uma grande deficiência de efetivo nos Batalhões visitados, de aproximadamente 42% do efetivo previsto”.  

São aproximadamente 5,4 mil policias ativos, divididos entre aqueles que trabalham no setor administrativo e os que ficam nos quarteis, mas conforme Lei Complementar n.º 203, de 05 de outubro de
2015, o efetivo previsto para a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul para o ano de 2017 é de 9.458  integrantes, portanto, um défict de 42%. Levando em consideração que o último concurso da PM foi aberto em 2013, chegar a um efetivo ideal faz parte de uma realidade distante. 

Você pode gostar também