Evento oferece serviços e informações para microempreendedores individuais

Semana do MEI começa dia 8 de maio

Campo Grande tem quase 43 mil microempreendedores individuais, segundo dados do Portal do MEI. Destes, 2.218 aderiram ao sistema somente no primeiro quadrimestre do ano. Para quem já empreende ou deseja empreender, o Sebrae oferece a Semana do MEI, que começa  no dia 8 de maio, segunda-feira, em todo o Brasil, e segue até o dia 12, sexta-feira. Em Campo Grande ela vai acontecer na praça Ary Coelho.

O evento é direcionado a quem quer se tornar um microempreendedor individual, ou então que já está em atividade e deseja formalizar e melhorar o próprio negócio. A ação é totalmente gratuita e terá 75 atividades presenciais, das 8 às 17 horas, na capital, além de orientações online e ações pelo estado, em 15 municípios. A abertura do evento será realizada às 10 horas. 

Os microempreendedores terão oportunidade de receberem orientações online, por meio do “Fale com um Especialista”; e Papos de Negócio e Facebook Live, disponíveis mediante cadastro no Portal do Sebrae. 

As inscrições para as capacitações presenciais serão realizadas na hora e as vagas são limitadas. A instituição de apoio aos pequenos negócios orienta que os interessados cheguem ao local com antecedência para garantir lugar nas salas. A programação completa, com os horários de cada ação, está disponível no Portal do Sebrae Mato Grosso do Sul.

Além de receber informações sobre como se tornar e regularizar o MEI, os participantes do evento serão orientados sobre como buscar recursos financeiros, controlar o dinheiro, formular o preço de venda, comprar melhor, e vender pela internet. Também haverá atendimento com instituições financeiras para apresentação de opções de crédito, e tira-dúvidas com o Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária.  

“É fundamental que o microempreendedor individual busque informações confiáveis e de especialistas, para que desempenhe suas atividades de forma legal, segura e competitiva”, destaca Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae em MS. Segundo o Portal do Empreendedor, existem hoje 100,4 mil MEIs em Mato Grosso do Sul; 42.639 deste total estão em atividade na capital.

São parceiros da Semana do MEI no estado: Associações Comerciais, Prefeituras Municipais/ Salas do Empreendedor, Amems, Agenfa, Corpo de Bombeiros, Sescon/MS, Receita Federal, IMAM, INSS, Senac/MS, instituições bancárias e cooperativas de crédito. Programação completa e mais informações: 0800 570 0800 ou Portal do Sebrae Mato Grosso do Sul.

MEI

Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar no máximo média de R$ 5 mil por mês e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Pode-se ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

O MEI é automaticamente enquadrado no Simples Nacional e está isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Assim, paga apenas o valor fixo mensal de R$ 47,85 (comércio ou indústria), R$ 51,85 (prestação de serviços) ou R$ 52,85 (comércio e serviços) – destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS -; montante atualizado anualmente, conforme o salário mínimo.

Entre as vantagens da atividade estão o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) – o que facilita a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos, a emissão de notas fiscais e a participação em processos licitatórios -; além de acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria; entre outros.

Mais notícias