Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Estado realiza mais de 2 mil cirurgias oftalmológicas durante mutirão

Expectativa inicial era de 1,2 mil cirurgias

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) anunciou, nesta sexta-feira (29), que um mutirão de cirurgias eletivas de catarata para atender pacientes que aguardavam na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) realizou 2,3 mil cirurgias realizadas, superando a expectativa inicial de 1,2 mil.

Segundo a pasta, em duas semanas, foram realizados 18 mil procedimentos oftalmológicos e 2,2 mil consultas. 
A ação foi planejada de forma emergencial pela secretaria para evitar que municípios de Mato Grosso do Sul perdessem recursos do Ministério da Saúde, encaminhados especificamente para essas ações, de acordo com pactuação feita com gestores municipais.

 “Se os municípios não fizessem as cirurgias até hoje (29), eles perderiam o dinheiro. Na verdade, deixariam de ganhar porque o recurso será depositado até fevereiro pelo Governo Federal”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Coimbra.

Conforme o governo do Estado, algumas cidades não conseguiram realizar nenhuma das cirurgias eletivas, outras realizaram mais do que a meta prevista e alguns municípios executaram parcialmente. “As cidades de Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica e São Gabriel do Oeste foram os municípios que realizaram mais cirurgias do que o previsto ”, informou o secretário.

Na manhã dessa sexta-feira (29), Coimbra visitou mais uma vez o local do pós-operatório, na Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado. No local, o secretário afirmou que pacientes que não conseguiram operar os dois olhos, serão priorizados pela regulação em outra ação. “Nós vamos dar prioridade a quem operou um dos olhos na próxima ação”, disse.

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...