Em lotéricas cheias, campo-grandenses sonham com prêmio da Mega da Virada

Muitos campo-grandenses já garantiram aquela “fézinha” de final de ano

Na última semana de 2017, embora as ruas do Centro de Campo Grande estejam com o movimento fraco, o cenário nas lotéricas da Capital é bem diferente. Nas filas, a quantidade de pessoas com talões de jogos em mãos é anúncio de prêmio bom. E muitos campo-grandenses já garantiram aquela “fézinha” de final de ano.

O valor da Mega da Virada está estimado em R$ 280 milhões, o maior prêmio já sorteado na história da loteria federal. Dinheiro que dá para realizar muitos sonhos por aí. Se o ganhador souber investir e aplicar, pode garantir até “sombra e água fresca” para o resto da vida.

E a reportagem do Midiamax foi às ruas para saber quais são as intenções dos campo-grandenses caso torne-se um milionário. E as sonhos das pessoas vão dos mais ambiciosos aos mais altruístas.

Aos 61 anos, o pedreiro Estevão Farias de Oliveira diz que, caso leve a bolada, vai comprar uma fazenda para criar gado. Embora não tenha pensado ainda sobre hectares, ele tem certeza de uma coisa: “vai ser bem grande”, garante. 

Há 16 anos, o motorista Osmildo Luiz, 56 anos, faz um bolão da Mega da Virada com mais 59 colegas de trabalho. Caso essa turma ganhe, o prêmio será repartido. E sobre o valor, ele espera que dê para comprar uma bela chácara para morar.

Com três filhos e quatro netos, a pensionista Ernestina Batista do Nascimento, 58 anos, afirma que, se ganhar, vai ajudar a família. Mas deixa bem claro que não irá dar o dinheiro em mãos, vai comprar casa e carro pra todo mundo. “Senão, eles gastam tudo à toa”, diz. E para ela mesmo, garante que não precisa de muito. “Só quero o suficiente para tratar a minha saúde”, pontua.

Ainda na fila da Lotérica, o supervisor de estoque José Donizete Merli, 52 anos, deixa a dica para se caso seja o contemplado do prêmio da Mega da Virada: “A primeira coisa que vou fazer é sumir por uns dias”, garante. E o destino já está escolhido, será Londres. Na volta, ele promete que irá ajudar algumas pessoas e, claro, investir a grana.

Há seis meses, o jardineiro Milton Neves Rodrigues, 52 anos, começou a investir em um sonho. Comprou uma máquina de aparar grama. E, se ganhar os R$ 280 milhões ou qualquer fração deste valor, garante que irá dar continuidade a este projeto. “Quero construir o meu próprio escritório de jardinagem”, enfatiza.

Com dois jogos em mãos, sendo uma aposta feita sozinho e outra em bolão, o técnico em segurança privada Paulo César Ribas, 47 anos, conta sobre os planos caso seja o ganhador da Mega da Virada. “Vou pegar uns R$ 500 mil pra mim, pois não preciso de muito para viver. O resto, vou construir uma chácara para abrigar as pessoas que quero resgatar das ruas”, afirma. Sem usar drogas há quatro anos, ele diz que o maior sonho é ter condições de poder fazer pelas pessoas o que um dia fizeram por ele. “Quero muito poder retribuir, pois um dia eu fui resgatado das ruas”, conta.

Sorteio

A Mega da Virada será sorteada no dia 31 de dezembro, às 20h. As apostas podem ser feitas até às 14h do mesmo dia, em qualquer lotérica do Brasil, e o valor é de R$ 3,50 por seis números. 

O sorteio contemplará o apostador que acertar as seis dezenas do concurso. E o prêmio não acumula. Se não houver ganhadores para os seis números, leva a bolada quem acertar cinco números, e assim por diante.

Em lotéricas cheias, campo-grandenses sonham com prêmio da Mega da Virada
Mais notícias