Carreta da Justiça oferece cadastramento biométrico em Anhanduí até a próxima semana

Prazo para o cadastramento vai até março de 2018

A Carreta da Justiça está no distrito de Anhanduí para fazer o cadastramento biométrico da população. A medida acontece devido a uma parceria firmada entre o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) e o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para atender o distrito que fica a 60 quilômetros da Capital. A Carreta irá atender até o dia 22 de dezembro no local.

Conforme o TRE, o atendimento acontece por ordem de chegada, das 9 às 16:00 horas, sem pausa para o almoço. Em média, o tempo para fazer o procedimento é de 6 minutos.

Os atendimentos começaram na última segunda-feira (11), e, segundo o tribunal, mais de 700 eleitores já fizeram o cadastramento biométrico.

Outra localidade com um posto itinerante de biometria é o bairro Coophavila II. Os moradores podem fazer seu cadastramento até o dia 22 de dezembro na Escola Padre José Scampini.

Em janeiro, será a vez da Escola Estadual Professora Maria de Lourdes W. Roma, no bairro Moreninhas. Outros locais que receberam postos são: Escola Carlos Vilhalva Cristaldo, na vila Popular, além do prédio do Sebrae.

O prazo estipulado para fazer o cadastramento biométrico termina no dia 18 de março de 2018. Os eleitores que não fizerem o procedimento, perderão seu título.

Para realizar o procedimento, o eleitor deve levar cópia e original de um documento oficial de identificação com foto e original do comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos que irão tirar o título pela primeira vez, devem também apresentar o comprovante de quitação do serviço militar, com cópia.

Mais notícias