Agehab ajuda com até R$ 6 mil para compra de imóvel e confunde inscritos

Agência firmou parceria com construtora

Por falta de previsão de novos empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida, a (Agência Estadual de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) firmou parceria com construtora e oferece até R$ 6 mil aos cadastrados para a subsidiar a entrada de financiamento de imóveis junto à Caixa Econômica. Entretanto alguns dos que foram chamados para a análise das propostas se confundiram com a ação.

Beatriz Soares do Prado, de 33 anos, espera há mais de 3 anos na fila da casa própria e se animou quando recebeu a ligação da informando sobre evento na Praça Ary Coelho, na manhã desta quinta-feira (07).

“Ligaram pra gente falando que era da , como temos inscrição fomos ver o que era. Chegamos cedo na praça. Teve gente que chegou até de madrugada. Mas não tinha ninguém da , era um pessoal da MRV, pra venderem apartamentos”, relata.

Agehab ajuda com até R$ 6 mil para compra de imóvel e confunde inscritosEm contato com a , a chefe da Divisão de Demanda Habitacional, Sandra Maidana, explicou que a agência fez parceria com a MRV, assim como já fez com outras construtoras em outras oportunidades para que interessados possam obter o subsídio que pode chegar até R$ 6 mil.

“Temos um projeto onde subsidia com até R$ 6 mil no financiamento de até R$ 122 mil, feito em cima do Minha Casa, Minha Vida, para a faixa 1,5. Então fizemos o convite para as pessoas que se enquadram na faixa. Temos um cadastro grande. Isso é feito porque estamos sem construção de novos empreendimentos, então oferecemos a oportunidade de financiar”, detalha Sandra.

Os cadastrados da faixa 1,5 são os que tem faixa de renda de R$ 1.300,00 a R$ 2.600,00 reais, sem restrições e com aprovação na Caixa Econômica.

Sandra acredita que houve confusão por parte de algumas pessoas . “O texto lido pela equipe falava que era uma parceria do Governo com a Caixa Econômica e financiamento de apartamento. Tanto que algumas pessoas já recusavam durante a ligação mesmo”, acrescenta Sandra.

Agehab ajuda com até R$ 6 mil para compra de imóvel e confunde inscritos
Mais notícias