Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Fornecedora da Reme há 10 anos, Nilcatex distribuiu uniformes paraguaios no RS

Em Canoas, população também estranhou a origem dos uniformes

Após denúncias de mães a respeito da entrega de uniformes importados do Paraguai aos alunos das escolas municipais da Capital, os materiais fornecidos pela empresa Nilcatex Têxtil também foram alvo de reclamações no Rio Grande do Sul. A empresa, fornecedora da Reme (Rede Municipal de Ensino) há 10 anos, teria fornecido uniformes paraguaios também em Canoas (RS).

De acordo com jornais locais, em fevereiro deste ano, mães de alunos de uma escola de Canoa estranharam a etiqueta dos uniformes entregues aos filhos, fornecidos pela Nicaltex. Na etiqueta, tinha o escrito “importador”, e logo abaixo, “Produzido no Paraguai”.

O nome da empresa também contava na etiqueta, o que causou revolta entre as empreendimentos regionais, que questionaram a preferência pela empresa com sede em Mato Grosso do Sul, em detrimento dos comércios locais. Segundo informações, não é a primeira vez que a Prefeitura de Canoas dá preferência a empreendimentos de outras regiões.

Por aqui, não foi diferente: o edital lançado pela Prefeitura no início do ano e encerrado em abril dava preferência aos comerciantes locais e regionais, de modo a fomentar a economia do Estado. O modelo adotado pela administração municipal foi uma resposta aos empresários locais, que inclusive solicitaram uma audiência pública aos vereadores sobre o assunto, e isso teria atrasado em quatro meses a entrega dos kits escolares. Além da Nilcatex, também foi vencedora da licitação a empresa Odilara Frassão Calçados Eireli, de Sapiranga (RS)

Procurada pela reportagem, a Semed (Secretaria Municipal de Ensino) não se posicionou sobre o assunto até o fechamento da matéria. A Prefeitura de Campo Grande por sua vez informou que a aquisição dos uniformes escolares seguiu todos os trâmites legais e o certame foi feito de formas transparentes. De acordo com o executivo municipal, venceu a licitação a empresa que forneceu o binômio de melhor qualidade e menor preço.

Contratos da Nilcatex

A empresa Nilcatex Têxtil é, de Santa Catarina e com filial em Campo Grande, vem fornecendo uniformes para a Prefeitura da Capital há 10 anos. Ela atua desde 2006, ainda na gestão de Nelsinho Trad (PTB). Neste ano, ganhou, junto com a Odilara, a licitação do kit por R$ 3,8 milhões.

A empresa é investigada pelo MPE (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) por acusações como superfaturamento e direcionamento de licitações. A empresa é conhecida por ganhar vários editais em prefeituras e também no Governo do Estado.

Em 2014 a Nilcatex forneceu os uniformes para Campo Grande por meio de uma 'carona' de licitação. A Prefeitura aderiu a ata de registro de preços de Cotia (SP) e gastou R$ 8.055.000 na compra dos kits de uniformes. O contrato anterior, válido para 2012 e 2013, teve o valor de R$ 71 milhões.

O governo do estado também mantém contrato com a empresa. Em 2013, ela foi a vencedora da licitação para fornecer uniformes dos alunos da rede pública estadual de ensino, por R$15,3 milhões.  

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...