Comissão de Transporte promete audiência sobre denúncias de ônibus parados

O presidente disse que 'nem sabia' das denúncias contra empresas

O presidente da Comissão Permanente de Transporte e Trânsito, da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB), admitiu nesta terça-feira (1º) que desconhecia os problemas relacionados aos ônibus BRTs, na Capital.

Apesar de a comissão ter sido formada com a finalidade de deliberar sobre as proposições dentro de seu campo temático e fiscalizar os atos do Poder Público, o presidente admitiu desconhecer os problemas. “Eu não imagina que isso estaria acontecendo, foi uma surpresa para mim e se tiver que fazer audiência pública, vou fazer. Vou conversar com as empresas agora nesta semana ainda e ver o que eles falam. To sabendo disso ai pela empresa”, disse.

A resposta foi em relação à denuncia feita pelo Jornal Midiamax de que as empresas formadas pelo Consórcio Guaicurus estariam “escondendo” os ônibus BRTs nas garagens, por terem um custo de manutenção e combustível mais elevados que os demais. A manobra estaria causando prejuízos aos usuários que são obrigados a andar em ônibus lotados, já que os articulando não estão em circulação.

Entretanto, Vanderlei se comprometeu em convocar uma audiência pública para discutir os problemas. “Mais certo é fazer uma audiência pública”, disse.

Comissões Permanentes

Entre as atribuições de uma Comissão Permanente destacam-se: discutir e votar projetos de lei; realizar audiências públicas; convocar secretários para prestar informações sobre suas atribuições; receber representação de qualquer pessoa contra atos ou omissões das autoridades ou entidades públicas; determinar a realização de diligências e auditorias de naturezas contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial na administração pública.

Compõem a Comissão Permanente de Transporte e Trânsito os vereadores Vanderlei Cabeludo (PMDB), como presidente, Betinho (PRB), como vice-presidente, os os membros Chiquinho Telles (PSD), Engenheiro Edson (PTB) e Flávio César (PT do B).

 

Comissão de Transporte promete audiência sobre denúncias de ônibus parados
Mais notícias