Casa da Mulher Brasileira pode fechar por falta de repasse de R$ 4,3 milhões

Repasse federal

A Casa da Mulher Brasileira pode fechar as portas  de acordo com uma nota da prefeitura de Campo Grande nesta terça-feira (22). Segundo a administração municipal, o motivo é por causa da falta de repasse de R$ 4.319.629,33 por parte do Governo Federal.

Ainda de acordo com a prefeitura, o valor recebido mensalmente serve para arcar com gastos básicos como água, luz e até alimentação das vítimas de violência. A prefeitura também lembra que o problema vem a ocorrer por coincidência no mês em que é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, (dia 25).

Ainda segundo o executivo, Semmu (Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres), por meio da Casa da Mulher Brasileira comemora o registro de 109.285 atendimentos desde seu funcionamento, em apoio às mulheres vítimas de violência física, psicológica e moral.

“A nossa administração tem o compromisso de oferecer suporte às vítimas de violência e que buscam uma oportunidade para reconstruir suas vidas, sem depender de companheiro e caminhar com seus próprios recursos. Por isso a continuidade do atendimento da Casa da Mulher Brasileira é importante. São milhares de mulheres que precisam de acolhimento, atendimento humanizado e a vinda desses recursos do Governo é fundamental para salvar a vida dessas mulheres que são atendidas na Casa da Mulher Brasileira”, disse o prefeito. 

Mais notícias