Moradores reclamam de mau cheiro no lixo de restaurante japonês

Se vigilância sanitária constatar irregularidade, local pode ser punido 

Moradores do Bairro Carandá Bosque, que precisam passar diariamente pela Rua Vitório Zeolla reclamam do odor de peixe na região, ocasionado segundo eles, por um descarte incorreto do lixo do restaurante de comida japonesa Madame Japô. A foto enviada por uma moradora, que preferiu não se identificar, mostra um contêiner com sacolas de lixo e ao lado, restos de peixes descartados dentro de um recipiente sem tampa, a céu aberto. Conforme relatado por ela, existe um ponto de ônibus próximo ao local, que fica "insuportável aguardar ali" em razão do odor forte de peixe.

Em contato com o co-proprietário do estabelecimento, Eduardo Rejala explicou que o restaurante realiza o descarte correto todos os dias, pois, conhece a problemática do peixe. Ele aponta que o problema seria pontualmente do município, pelo mau serviço de coleta de lixo.

"Eu também sou morador do bairro e me preocupo não só com a região, com também com meus clientes. A gente descarta diariamente no contêiner porém vai acumulando. A cidade inteira está cheirando lixo. Eu estou fazendo descarte incorreto ou esta havendo um problema municipal?" indaga. Ainda segundo Eduardo, o local conta com dois contêineres para descarte. Um dentro do local e outro em frente ao restaurante. 

Segundo a Coordenadoria de Vigilância Sanitária e Ambiental do município, a orientação que os restaurantes recebem é que o lixo deve ser descartado em um recipiente com tampa que atenda a demanda da quantidade de lixo, em local protegido e revestido com sacolas plásticas.

A vigilância explicou que para casos de descarte incorreto a penalidade pode ser desde autuação da empresa até mesmo interdição do local. As denúncias podem ser recebidas pelo telefone (67) 3314-9955

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Mais notícias