Iniciativa privada vai assumir mais 576 quilômetros de rodovias em MS

Em 2016, trechos das BRs 262 e 267 serão leiloadas

Ao apresentar nesta terça-feira (9) a nova etapa do Programa de Investimentos em Logística, que prevê aportes de R$198,4 bilhões em infraestrutura, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, anunciou que Mato Grosso do Sul terá mais 576 quilômetros de rodovias concedidas para cobrança de pedágio.

Em 2016 devem ser feitos os leilões de 327 quilômetros da BR-262, que liga Campo Grande a Três Lagoas e 249 quilômetros da BR-267, de Nova Alvorada do Sul a Presidente Epitácio (SP), somando R$ 4,5 bilhões em investimentos.

Dos R$ 66,1 bilhões em investimentos destinados a concessões de rodovias, R$ 19,6 bilhões terão como destino cinco leilões previstos para 2015. Os dois trechos de Mato Grosso do Sul entram nos R$ 31,2 bilhões dos 11 leilões previstos para 2016, totalizando 4.371 quilômetros de concessões no ano que vem. Também estão previstos R$ 15,3 bilhões para investimentos em concessões já existentes.

O Estado já concedeu  845,4 quilômetros da BR-163, que liga Mundo Novo a Sonora. A rodovia passa por 21 cidades, entre elas a Capital. A concessão foi oficializada em 2014 e a CCR MS Via ofereceu a menor tarifa básica de pedágio, no valor de R$ 4,38 a cada cem quilômetros rodados (valores de maio de 2012). 

O governador Reinaldo Azambuja acompanha em Brasília os anúncios feitos pela presidência. 

Matéria atualizada 13h15 para acréscimo de informações. 

Mais notícias