Cônsul da Itália visita Casa da Mulher Brasileira

A delegada da Delegacia da Casa da Mulher Brasileira

A Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres, Leyde Pedroso, acompanhada da delegada da Delegacia da Casa da Mulher Brasileira, Rosely Molina, na tarde desta terça feira (01) recebeu a visita do cônsul Geral da Itália em São Paulo, Min. Michele Pala e do vice-cônsul da Itália em Mato Grosso do Sul, Alcides Trentin, no qual o cônsul da Itália agradeceu o atendimento dado para uma cidadã italiana na Casa da Mulher Brasileira.

A delegada da Delegacia da Casa da Mulher Brasileira, Rosely Molina mostrou para o cônsul da Itália todo o funcionamento da estrutura da Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande, a primeira inaugurada e que compõe um dos eixos do projeto do Governo Federal “Mulher Viver sem Violência” sendo referencia em todo País no âmbito de acolhimento e serviços, como por exemplo, casa passagem, DEAM 24 horas, e 1ª Vara de Medidas Protetivas do País. 

“Para nós é um desafio trabalhar na Casa da Mulher Brasileira. Aqui junta todos os órgãos num só lugar com o objetivo de atender a mulher vítima de todos os tipos de violências. Trabalhamos no caso da cidadã italiana e todos os seus direitos foram atendidos e até mesmo o encaminhamento para Guarulhos e seguisse para Itália. Já recebemos a visita do cônsul do Peru e do Paraguai. Atendemos todos os casos independentes da nacionalidade”, frisou a delegada Molina.

De acordo com a Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres, Leyde Pedroso a visita técnica do cônsul da Itália foi de agradecimento pelos serviços prestados à cidadã italiana. “O cônsul conheceu nossas referências e todos os serviços prestados pela equipe de trabalho da Casa da Mulher Brasileira. Esse trabalho só é reconhecido pelos esforços dos parceiros que é o Governo do Estado, Ministério Público, Tribunal de Justiça de MS, Delegacia da Mulher e a equipe de Trabalho da Prefeitura de Campo Grande”, frisou.

O cônsul da Itália Michele Pala agradeceu o atendimento recebido pela cidadã italiana e disse que veio especialmente para conhecer os trabalhos da equipe da Casa da Mulher Brasileira. “Tivemos boas referencias e não poderíamos deixar de agradecer este trabalho que é feito em Campo Grande em defesas das mulheres. Este é um trabalho que serve de referência para o Brasil e para todos os países”, comentou. 

A Casa da Mulher Brasileira oferece atendimento à mulher em situação de violência, concentrando em um mesmo local os serviços essenciais: acolhimento e triagem, Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), equipe multidisciplinar (psicólogas e assistentes sociais), Promotoria e Defensoria Pública e a 1ª Vara de Medidas Protetivas do País, além de abrigo de passagem, brinquedoteca, orientação ao trabalho e central de transportes. 

A coordenadora da Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande, Eloisa de Castro Berro acompanhada das delegadas também recepcionou o cônsul.

Mais notícias