Brasil

Vivo, Claro e Tim compram Oi por R$ 16,5 bilhões

Operação ainda deve ser analisada pelo Cade

Adriel Mattos Publicado em 08/09/2020, às 13h00

Agência Brasil
Agência Brasil - Agência Brasil

A operadora Oi aceitou a oferta conjunta de Vivo, Claro e Tim e vendeu sua operação móvel por R$ 16,5 bilhões. Segundo a CNN Brasil, a companhia divulgou o resultado em comunicado.

Em recuperação judicial, a Oi não pode concluir o negócio até realizar um leilão de ativos. Apesar disso, o consórcio das três operadoras tem preferência e pode cobrir qualquer outra oferta.

A conclusão da operação ainda deve ser avaliada por autoridades. A preocupação é que os clientes da Oi sejam divididos entre Claro, Tim e Vivo.

O presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Barreto, já disse em entrevista à CNN que o negócio será avaliado com atenção e que pode reduzir a concorrência no leilão de 5G.

O consórcio das três operadoras superou a oferta de R$ 15 milhões da Highline, que pertence ao fundo americano.

O anúncio foi feito ontem, antes da assembleia geral de credores da Oi, marcada para esta terça-feira (8). Ainda conforme a CNN Brasil, o objetivo é mostrar aos credores que tem uma proposta firme e já negociada, que precisa apenas da aprovação das autoridades.

A Oi precisa desses recursos para pagar suas dívidas e tentar recuperar a empresa, mudando seu foco. Ao invés de celular, a empresa pretende investir na fibra ótica.

Jornal Midiamax