VÍDEO: Bolsonaro recua no discurso anti-quarentena e adota tom mais ameno em rede nacional

Em tom mais ameno do que o anti-quarentena realizado no último pronunciamento, o presidente Jair Bolsonaro falou em relação a importância da preservação da vida e do emprego. Segundo Bolsonaro, desde o início da pandemia, o Governo Federal vem trabalhando em todas as frentes deste desafio.

Bolsonaro também lembrou novamente do diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde) Tedros Adhanom. O presidente gerou polêmica nesta terça-feira (31) ao ser apontado por distorcer fala da OMS, por alegar que a Organização estaria defendendo o retorno ao trabalho.

Na verdade, Ghebreyesus falou da preocupação com pessoas isoladas que trabalham para ganhar o “pão de cada dia” e cobrou dos governos que adotem medidas para garantir a renda da população mais pobre com a crise do coronavírus. Veja o vídeo:

VÍDEO: Bolsonaro recua no discurso anti-quarentena e adota tom mais ameno em rede nacional
Mais notícias