Sem falar por que deixou Ministério, Nelson Teich diz que programa de testagem está pronto

Ex-ministro não explicou o que o levou a pedir demissão nesta sexta-feira (15)

Horas depois de pedir demissão, o ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, concedeu uma rápida entrevista, na tarde desta sexta-feira (15). Em poucos minutos, Teich não deixou claro porque pediu demissão e falou que há programa de testagem pronto para ser colocado em prática.

O ministro iniciou sua fala afirmando que “a vida é feita de escolhas e eu escolhi sair”. Sem detalhar o motivo que o levou a deixar o cargo, Teich agradeceu o trabalho de sua equipe.

Teich também falou sobre a missão tripartite do , afirmando ser necessário trabalho em conjunto com secretários estaduais e municipais. “O vê isso como algo verdadeiro e essencial para conduzir a saúde desse país”.

Em relação ao trabalho desempenhado em menos de um mês, Teich disse que traçou plano estratégico que deve ser seguido daqui pra frente e que o foco foi o coronavírus, mas que outras doenças também precisam da atenção dos trabalhos do Ministério. “Todo sistema é pensado em paralelo”.

O ex-ministro disse que está deixando um plano de trabalho pronto para auxiliar as cidades e estados para que os próximos passos sejam definidos. Ele afirmou que programa de testagem em massa, uma das primeiras ações que ele anunciou ao assumir o ministério, está pronto para ser implementado.

Teich encerrou o pronunciamento sem abrir a entrevista para perguntas de repórteres.

O médico oncologista ficou menos de 1 mês no cargo e não nomeou, sequer, equipe completa para atuar no Ministério. Militares indicados pelo presidente ocupam parte dos cargos do primeiro escalão.

Confira a coletiva abaixo:

#LIVE

#AOVIVO: Coletiva de Imprensa –

Posted by Ministério da Saúde on Friday, May 15, 2020

Sem falar por que deixou Ministério, Nelson Teich diz que programa de testagem está pronto
Mais notícias