Polícia investiga se festa com lanchas no litoral de SP foi financiada por traficantes do PCC

Em vídeo, homem aparece jogando cédulas de R$50 ao mar

Investigação policial vai apontar se a festa com 350 pessoas, realizada em lanchas na Praia da Enseada, no Guarujá, no dia 17 de setembro, foi promovida por traficantes membros do (Primeiro Comando da Capital). Segundo informações do UOL, integrantes do crime organizado que atuam na Baixada Santista e foragidos da Justiça teriam participado do evento.

Imagens gravadas no dia da festa mostram um homem jogando cédulas de R$50 ao mar. Ele está sendo investigado. A polícia também investiga indícios de que traficantes da organização criminosa tenham financiado o evento.

Ainda segundo o UOL, o litoral paulista tem se tornado uma das principais bases do crime organizado. O Ministério Público estima que o envie, mensalmente, uma tonelada de cocaína para fora do país, principalmente para a Europa, pelo porto de Santos.

A festa durou quase 12 horas e foi interrompida por membros da Guarda Civil Municipal, fiscais da Prefeitura de São Paulo, policiais militares e membros da Força-Tarefa da cidade. A Capitania dos Portos de SP tirou as pessoas do mar para fazer as autuações.

(Com informações do portal de notícias UOL)

Polícia investiga se festa com lanchas no litoral de SP foi financiada por traficantes do PCC
Mais notícias