Operação no Rio busca mais de 100 procurados e fugitivos que integram facção carioca

São cinco delegacias, 300 policiais, cinco blindados e um helicóptero envolvidos na operação

Uma operação iniciada pela do RJ, nesta terça-feira (27), tenta capturar integrantes do que foragidos da Justiça no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio.

Até o momento, segundo publicado no portal G1, quatro homens haviam sido presos, e um quinto, ferido ao tentar pular uma laje, foi encaminhado para um hospital. Drogas também foram apreendidas.

A operação iniciou por volta das 5h, com o objetivo de evitar confrontos no horário de saída dos trabalhadores, mobilizando 300 agentes, cinco blindados e um helicóptero.

Todo o efetivo, dividido entre cinco delegacias, mapeou que mais de 100 procurados estão escondidos em favelas da região, como o Parque União e a Nova Holanda.

Entre os alvos nesta terça estavam os homens acusados de causar a morte do menino Leônidas Augusto da Silva de Oliveira, de 12 anos.

Além de ter como alvo, lideranças do na Maré, como Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, chefe do Parque União, é procurado desde 2006 e tem oito mandados de prisão.

Rodrigo da Silva Caetano, o Motoboy, chefe da Nova Holanda, com nove mandados de prisão, também está entre os alvos. Segundo as investigações, Motoboy fica com 50% do valor de grandes assaltos.

Além disso, a força-tarefa tenta localizar os homens que assaltaram, em junho, um depósito do Grupo Pão de Açúcar em Duque de Caxias. Dois vigilantes foram mortos no ataque.

Operação no Rio busca mais de 100 procurados e fugitivos que integram facção carioca
Mais notícias