Notas do Enem passam a ser aceitas em pelo menos 50 universidades de Portugal

Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas

As notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) passaram a ser aceitas em 50 universidades de Portugal, graças a publicação do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) no Diário Oficial da União, nesta terça-feira (12). O conteúdo trazia o acordo com o IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing), da cidade do Porto, que beneficia estudantes brasileiros a ingressarem em cursos de nível superior.

“É um indicativo muito forte da credibilidade e da respeitabilidade que o Enem conquistou dentro e fora do país. É mais uma oportunidade para que os estudantes brasileiros tenham uma formação de qualidade, agregada à experiência em um país estrangeiro”, disse o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

Com convênio firmado com universidades portuguesas, o próximo passo do INEP é garantir acesso dos brasileiros a faculdades da Espanha. O instituto até iniciou as tratativas para assinar acordos semelhantes ao que fez com institutos de Portugal.

Devido às restrições de circulação de pessoas impostas pela pandemia da COVID-19, o documento foi assinado primeiro em Portugal, pelo diretor do IPAM-Porto, Ricardo José Fernandes Mena. Depois, o acordo foi enviado para o Brasil e selado com a assinatura do presidente do Inep.

Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas. A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira.

Para conferir a lista das faculdades, basta clicar aqui.

Notas do Enem passam a ser aceitas em pelo menos 50 universidades de Portugal
Mais notícias