Ministros devem assinar liberação de entrada para estrangeiros em todos os aeroportos

Seis aeroportos que ficaram de fora de lista liberada em agosto devem receber autorização, incluindo o de MS

Quatro ministros devem assinar, até sexta-feira (25), a liberação de entrada de estrangeiros no país pelos aeroportos. A informação foi adiantada pelo colunista da CNN Igor Gadelha, que ainda informou que a portaria deve ser publicada no Diário Oficial da União amanhã.

Os ministros da Casa Civil, Braga Netto; da Justiça, André Mendonça; da Saúde, Eduardo Pazuello; e da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas ainda aguarda manifestação final da (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Isso porque os novos aeroportos liberados, que não estavam autorizados a receberem viajantes de fora do Brasil, precisarão seguir uma série de medidas devido a pandemia do novo coronavírus.

Os aeroportos de Goiás, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul e Tocantins ficaram de fora da lista da liberação para chegada de voos internacionais, na primeira portaria, publicada em agosto.

A nova portaria deve derrubar essas restrições e liberar a entrada em todos os aeroportos do país. Entretanto, os passageiros devem apresentar um seguro de saúde válido no Brasil com cobertura mínima de R$ 30 mil.

A validade do seguro também deve ser estendida durante o período de estadia no Brasil e ser escrito em língua portuguesa, espanhola e inglesa.

(Com informações da CNN Brasil)

Ministros devem assinar liberação de entrada para estrangeiros em todos os aeroportos
Mais notícias