Mais de 27 milhões de pessoas se cadastraram para receber auxílio emergencial

A Caixa anunciou nesta quarta-feira (08) que até às 21h, mais de 27 milhões de pessoas finalizaram o cadastro para acessar os recursos do auxílio emergencial de R$ 600. Deste total, 39,7% também solicitaram a abertura da poupança digital da Caixa. A estimativa do banco é de 30 milhões de novas contas para repasse dos recursos.

Pagamento do auxílio emergencial a brasileiros afetados pela crise causada pela pandemia do novo coronavírus começa nesta quinta-feira (8). Se você ainda não fez o cadastro para receber o auxílio, é só acessar este link https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio.

Quem tem direito?

Trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. É necessário ainda ser mais de 18 anos. Não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família (O Bolsa Família não impede receber Auxílio Emergencial).

É preciso também ter renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00). Os rendimentos tributáveis no ano de 2018 não pode ter sido acima de R$ 28.559,70.

Confira abaixo o calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania.

PRIMEIRA PARCELA
Até 14 de abril

  • 9 de abril: pessoas que estão no Cadastro Único, sem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil (BB) ou poupança na Caixa
  • 14 de abril: pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e também não têm conta na Caixa ou no Banco do Brasil
  • 16 a 30 de abril: beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa

Para quem se cadastrar no app: em até 5 dias úteis após inscrição no aplicativo ou pelo site, o dinheiro estará disponível para trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único nem no Bolsa Família.

SEGUNDA PARCELA

Até 30 de abril

  • Entre 27 e 30 de abril – todos aqueles na base de dados do Cadastro Único e os que se inscreveram pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial
  • Últimos 10 dias úteis de abril – beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa

TERCEIRA PARCELA
Maio

    • Entre 26 e 29 de maio – todos aqueles na base de dados do Cadastro Único e os que se inscreveram no pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial
    • Entre 18 e 29 de maio – para beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa
Mais de 27 milhões de pessoas se cadastraram para receber auxílio emergencial
Mais notícias