Guimarães sinaliza que Caixa vai reduzir juro do cheque especial abaixo de 4,95%

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, sinalizou na manhã desta quinta-feira, 20, que a instituição deve reduzir para abaixo de 4,95% ao mês o juro do cheque especial. “Estamos por enquanto em 4,95%. Hoje é dia do crédito imobiliário, mas a gente vai reduzir também, acabamos de aprovar isso. Então presidente, esse 4,95% será reduzido porque nós estamos ganhando muito dinheiro e vamos devolver para sociedade”, disse, durante evento de lançamento da nova linha de crédito imobiliário da Caixa em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No fim do ano passado, o Banco Central adotou medida para limitar o juro do cheque especial em 8% ao mês, o que começou a valer em janeiro.

A Caixa já vem praticando taxas de juros inferiores ao limite estipulado pelo BC.

Guimarães sinaliza que Caixa vai reduzir juro do cheque especial abaixo de 4,95%
Mais notícias