Governo cria protocolos para frigoríficos atuarem durante a pandemia

Medidas serão publicadas até amanhã, segundo Ministério da Agricultura

Deve ser publicado até amanhã (27) a portaria e a instrução normativa estabelecendo os cuidados que s devem manter quanto à covid-19. As regras serão obrigatórias e foram elaboradas em conjunto pelos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Saúde e a Secretaria de Trabalho e Emprego do Ministério da Economia, com a participação da Procuradoria-Geral do Trabalho.

O anúncio foi feito pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em audiência virtual à Comissão Externa do Coronavírus da Câmara dos Deputados.

Em menos de um mês, é a segunda vez que o governo se dirige ao setor produtivo de proteína animal por causa da pandemia. No dia 11 de maio, o Mapa publicou o Manual com orientações para frigoríficos em razão da pandemia da Covid-19. As 70 medidas descritas no manual são facultativas.

De acordo com o Mapa, o Brasil tem conseguido ampliar o mercado para proteína animal apesar da pandemia. Ontem (25), o governo comemorou a decisão da Tailândia de abrir seu mercado para carne bovina com osso, carne desossada e miúdos comestíveis de bovino. Cinco estabelecimentos s já foram aprovados para exportar.

Nas contas do ministério, mais de 60 mercados externos foram abertos para os produtos agropecuários brasileiros desde janeiro de 2019, o que totaliza mais de 700 habilitações para venda de produtos da cadeia do agronegócio.

Governo cria protocolos para frigoríficos atuarem durante a pandemia
Mais notícias