Brasil

General ministro da Saúde nomeia veterinário para chefiar programa de vacinas

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, nomeou para o cargo de diretor do programa de imunização e doenças transmissíveis o veterinário Lauricio Monteiro Cruz. O decreto foi publicada na edição desta segunda-feira (31) do Diário Oficial da União. Ele entrou no lugar do servidor de carreira Marcelo Wada. O decreto levantou polêmica entre […]

Matheus Maderal Publicado em 31/08/2020, às 11h14 - Atualizado às 11h18

Eduardo Pazuello. (Foto: Internet)
Eduardo Pazuello. (Foto: Internet) - Eduardo Pazuello. (Foto: Internet)

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, nomeou para o cargo de diretor do programa de imunização e doenças transmissíveis o veterinário Lauricio Monteiro Cruz. O decreto foi publicada na edição desta segunda-feira (31) do Diário Oficial da União. Ele entrou no lugar do servidor de carreira Marcelo Wada.

O decreto levantou polêmica entre profissionais da área que questionam nos bastidores a falta de experiência de Cruz para coordenar o programa de imunização, em meio à pandemia de coronavírus. Agora, o país têm um militar chefiando o Ministério da Saúde. 

O veterinário será o responsável por coordenar a eventual vacinação contra a Covid-19 no país. Pelo menos três vacinas estão sendo testadas no Brasil. O departamento que o veterinário assume está dentro da Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde (SVS). Um dos principais temas em debate na SVS e no departamento é a vacinação contra a covid-19. O governo federal liberou R$ 2 bilhões para a Fiocruz receber, processar e distribuir 100 milhões de doses da vacina.

Cruz é médico veterinário formado pelo Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste (UNIDESC) em Goiás (2002) e tem mestrado em epidemiologia, prevenção e controle de doenças nos animais pela Universidade de Brasília (UnB). O cargo que ele ocupará no governo tem salário de R$ 13.623,39. (Com informações da Agência Estado)

Jornal Midiamax