Flávio Bolsonaro pagou R$ 87 mil em dinheiro por salas, diz jornal

Informação foi confirmada pelo próprio senador em depoimento a promotores no inquérito das "rachadinhas"

O senador (Republicanos-RJ) teria usado R$ 86,7 mil em dinheiro para comprar 12 salas comerciais no no período em que era deputado estadual. A informação consta em documentos obtidos pelo Ministério Público Estadual e foi confirmada pelo próprio Flávio em depoimento a promotores no inquérito das “rachadinhas” – apropriação de salário de servidores -, segundo reportagem publicada no domingo, 9, pelo jornal O Globo.

No relato, a que o jornal teve acesso, o parlamentar afirmou aos promotores que pediu o dinheiro emprestados para o pai, o presidente , para um dos seus irmãos e para um ex-assessor do pai. Ele diz que tudo foi declarado no seu imposto de renda.

Após a divulgação da reportagem neste domingo, a defesa de Flávio afirmou que não vai mais permitir que manifestações do senador sejam gravadas durante o processo.

O pedido precisa ser avaliado por um juiz antes de valer.

Os advogados disseram que vão entrar com representação nos órgãos de correição do Ministério Público Federal (MPF) pelo “vazamento de informações”.

Flávio Bolsonaro pagou R$ 87 mil em dinheiro por salas, diz jornal
Mais notícias