Entregadores de aplicativos marcam paralisação nacional para dia 12 de julho

Novos protestos devem acontecer a nível nacional

Os entregadores de aplicativos delivery estão programando uma nova paralisação nas atividades para o próximo domingo, dia 12 de julho. Como na primeira manifestação, ocorrida na última quarta-feira (1°), os trabalhadores devem reivindicar por mais direitos nas plataformas, além de uma taxa de entrega mais justa.

O #BrequeDosApps deve contar com atos a nível nacional e que está sendo organizado pelos trabalhadores tanto de forma presencial e também difundido nas redes sociais. A nova data do protesto foi decidida por meio de enquete nas redes e no WhatsApp com a participação de 26 mil entregadores.

A primeira paralisação levou milhares de entregadores as ruas impactando diretamente na demanda de entregas em toda a . Em Campo Grande, os funcionários se reuniram na região do Horto Florestal e percorreram as principais avenidas da cidade.

Um dos principais pedidos incluem valor mínimo na corrida, seguro contra roubo e acidente, e auxílio-pandemia, incluindo não só a distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como também renumerada em casas de contaminação do novo coronavírus.

Entregadores de aplicativos marcam paralisação nacional para dia 12 de julho
Mais notícias