Como 79 idosos de SP morreram de coronavírus no mesmo hospital?

Entre as 201 pessoas que vieram a óbito por causa do novo coronavírus até esta terça-feira, 31, 79 são idosos que estavam em um único hospital da rede Prevent Senior, o Sancta Maggiore, em São Paulo. O Estado paulista registra, sozinho, 136 mortes decorrentes da covid-19.

O Ministério da Saúde está preocupado com a aglomeração de idosos em hospitais, asilos e outros locais de atendimento para pessoas acima de 60 anos, que fazem parte do grupo de risco do vírus.

Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o governo de São Paulo avalia, inclusive, a possibilidade de fazer uma intervenção no local. O ministro fez um alerta para que outros espaços de atendimento exclusivo para idosos tomem cuidado com a propagação, citando que, se isso ocorrer, haverá uma sobrecarga no sistema.

“Ali é um fenômeno, porque um determinado empresário tinha que fazer um plano de saúde só para idoso. Como os idosos compram, ele fez uma carteira muito idosa. O hospital inteirinho é de idoso. Entrou o corona dentro de um hospital só de idosos, é um ponto fora da curva. Eles não conseguiram segurar ali dentro”, disse Mandetta. Ele pontuou ainda que se os idosos estivessem espalhados em diferentes locais da cidade, a transmissão teria sido menor.

Sem sintomas

Um total de 28 pessoas mortas não apresentavam sintomas de nenhuma doença, ou seja, eram pessoas saudáveis, que morreram após contraírem a covid-19. Essas 28 vítimas fatais, segundo o balanço do governo, não apresentavam a chamada “comorbidade”, termo usado para se referir à ocorrência de duas ou mais doenças no mesmo paciente e ao mesmo tempo.

Das 201 vítimas, o governo concluiu as investigações de 181 casos. Os dados apontam que sete pessoas com idade entre 20 e 39 anos já morreram. Outras 13 têm entre 40 e 59 anos. As demais 161 pessoas têm idade acima de 60 anos.

Hoje, há 5.717 casos confirmados da covid-19 no Brasil. Desse total, 1.138 foram identificados nas últimas 24 horas, o que significa um aumento de 25% sobre o dia anterior. Esse volume equivale também ao total de vítimas fatais. Das 201 mortes, 42 ocorreram nas últimas 24 horas.

 

 

 

Como 79 idosos de SP morreram de coronavírus no mesmo hospital?
Mais notícias